sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

AUMENTA Nº DE HOMENS NAS IGREJAS


As principais igrejas do Brasil, tanto a católica como as neopentecostais (designação de algumas congregações evangélicas), estão registrando cada vez mais a presença de homens em suas celebrações. O aumento na procura masculina só cresce nos últimos dez anos. A informação consta no mais recente estudo sobre o tema realizado pelo Nures (Núcleo de Religião e Sociedade) da Pós-Graduação da Faculdade de Ciências Sociais da PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo.

Integrante do núcleo, a antropóloga Eliane Gouveia explica que, no caso das igrejas neopentecostais – que segundo o último senso do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) são as que mais crescem – o que mais atrai os fiéis é a promessa de que com o encontro religioso se segue o sucesso financeiro e profissional. “As (igrejas) neopentecostais oferecem um modelo de vida associado ao aceno da prosperidade econômica”, diz a antropóloga.

Ela explica que, segundo o levantamento, há mais de dez anos, os homens vistos nas liturgias eram poucos e frequentavam as igrejas apenas aos fins de semana.
O técnico em mecatrônica Álvaro Henrique Lazzarini, 26 anos, chegou ao culto das 19h de ontem na Igreja Internacional da Graça de Deus da Rua Luís Pinto Flaquer, no Centro de Santo André. Ele conta que, há dois anos, desde que curou uma grave úlcera, vai a igreja quatro vezes por semana.

Frequentador da mesma igreja há seis anos, o coletor de lixo José Hilton Anastácio de Souza, 29, diz que o importante é louvar a Jesus, não importa em que casa. Ele conta que, segundo sua possibilidade, vai à igreja pelo menos três vezes por semana, no Centro, ou na Assembleia de Deus do bairro Capuava, onde vive com a família. 

Fonte: Diário do Grande ABC

Postagens Relacionadas

AUMENTA Nº DE HOMENS NAS IGREJAS
4/ 5
Oleh

SE INSCREVER email

Como a publicação acima? Assine as últimas postagens diretamente por e-mail..

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial