MISSÕES

Veja os piores países para os cristãos. Cristãos perseguidos, e se fosse você?

MISSÕES MISSÕES

E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO

Leia gratuitamente os livros do pastor Márcio Valadão. CLIQUE AQUI!

E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO

PAPÉIS DE PAREDE

Baixe papéis de parede personalizados e deixe seu computador a sua cara. CLIQUE AQUI!

PAPÉIS DE PAREDE PAPÉIS DE PAREDE

FOTOS PROFÉTICAS

Uma galeria com fotos exclusicas, você tem que conferir. CLIQUE AQUI!

FOTOS PROFÉTICAS FOTOS PROFÉTICAS

TV GERAÇÃO PROFÉTICA

Os melhores vídeos você só encontra aqui. CLIQUE AQUI!

TV GERAÇÃO PROFÉTICA TV GERAÇÃO PROFÉTICA

A HISTÓRIA DE ESTER

Acompanhe aqui a minissérie de maior sucesso na tv brasileira. CLIQUE AQUI!

A HISTÓRIA DE ESTER A HISTÓRIA DE ESTER

CAMPANHA DA BANDEIRA

CLIQUE AQUI para saber mais

CAMPANHA DA BANDEIRA CAMPANHA DA BANDEIRA

ESPAÇO INFANTIL

Um mundo de emoções e aventura espera por você. CLIQUE AQUI!

ESPAÇO INFANTIL ESPAÇO INFANTIL

MINISTRAÇÕES BÍBLICAS

A cada semana DEUS tem uma mensagem exclusiva para VOCÊ. CLIQUE AQUI!

MINISTRAÇÕES BÍBLICAS MINISTRAÇÕES BÍBLICAS

SEÇÃO DOWNLOAD

Criado exclusivamente para você. CLIQUE AQUI e veja!

SEÇÃO DOWNLOAD SEÇÃO DOWNLOAD
-

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

U2 FAZ MÚSICA COM FÉ


O U2 tem uma carreira admirável no rock ‘n’ roll, tipo de música notório por recompensar artistas que cantam sobre coisas mais simples do que o mundo em que vivemos e o lugar que nele ocupamos.

A banda – ou, em alguns casos, apenas Bono, seu homem de frente – já desempenhou o papel de pop star, pária, filho pródigo e proselitista. Porém, ao longo de seus 30 anos de carreira, a espiritualidade do U2 nunca rotulou sua música como rock cristão - estigma considerado medíocre no circuito comercial da música. O U2 vem mantendo primorosamente tanto seu lado espiritual como seu lado laico - em proporções que não limitariam seu alcance de público.

Greg Garret, professor da Baylor University e autor do livro “We Get to Carry Each Other: The Gospel According to U2” (Nós temos que nos apoiar: o evangelho segundo o U2), afirma que o rock cristão se tornou uma frase tóxica no pop por uma boa razão: “Temos a arte cristã, onde a arte é menos importante do que seu lado cristão. As crenças do U2 são filtradas em seu trabalho, mas nem por isso essa é a razão principal para que eles façam música”.

A reverenda Genevieve Razim, pastora associada da Palmer Memorial Episcopal Church, é quem diz: “Em minha posição episcopal, meu palpite sempre foi de que o moderno e o cristão podem ser compatíveis; e o U2 confirmou isso para mim. São inúmeras as mensagens na mídia de que ser cristão é o mesmo que ser rígido e intolerante, e eis que vem essa banda de rock fazendo perguntas importantes e expressando sua fé”.

Sendo assim, há anos o U2 vem fazendo canções sobre paz, justiça, espiritualidade e mistérios, e sua maneira de fazê-las revela uma inclinação ao que é elevado - seja o uso de salmos no início de sua carreira até sua visão panorâmica do mundo nos dias de hoje.

É importante ressaltar que o som do U2 tem muito a ver com seu sucesso de longa data. A banda Creed, por exemplo, é incessantemente criticada por fazer música copiada. A música do U2, porém, apesar de constantes mudanças, sempre foi imediatamente identificada como sendo única: seja a voz, os efeitos de guitarra ou a marcha militar da percussão. Como a música de Johnny Cash ou Nusrat Fateh Ali Khan, o som do U2, além de espiritual, é uma constante celebração (salvo algumas vezes em que mostra indignação), ao mesmo tempo em que atravessa limitações que alguns venham a encontrar em sua fé.

Fé particular

A arte de qualidade – seja ela religiosa ou não – deve ser imbuída de uma experiência reveladora para aqueles que a testemunham e a consomem.

Ainda assim, o U2 guarda uma relação tênue com o cristianismo. Os integrantes da banda são de uma época de sangrento conflito religioso em seu país de origem, a Irlanda. Três deles – Bono, o guitarrista The Edge e o baterista Larry Mullen Jr. – eram membros de uma comunidade cristã em Dublin que, segundo consta no livro de Garrett, os levou a acreditar que a vida no rock e a vida seguindo aquela fé não seriam compatíveis.

U2 em 1981: garotos da época de sangrento conflito religioso na Irlanda 

Garret questiona: “O que você faz quando é ferido pela instituição, mas ainda ama Deus?”
Uma reação é abandonar aquela instituição e começar sua própria. De certa forma, foi o que o U2 fez - apresentando ao público uma fé particular. A outra é tentar consertar a instituição já existente, que é o que Bono vem tentando fazer recentemente, proferindo palestras em igrejas por toda a América para estimular o auxílio à África.

Como é evidente no título de um dos maiores sucessos da banda, “I Still Haven’t Found What I’m Looking For” (eu ainda não encontrei o que eu procuro), ele se encontra em uma busca interior, o que pode ter um efeito profundo naqueles que igualmente buscam por algo espiritual - e isso, juntamente com sua música, poderia explicar o extenso poder de atração que o U2 desperta.

Ainda assim, ter certeza de que esse “algo” foi encontrado é anular esse “algo” enquanto fé. Garrett destaca: “Muitos americanos estão comprometidos com uma visão de fé como uma crença absoluta. São pessoas que ficam sentadas olhando para o relógio. E foi para essa tarefa que Bono convocou as igrejas americanas: este modelo de salvação que ignora o fato de que fomos colocados aqui por uma razão especial, além da salvação pessoal. E é isso o que ele tem de mais persuasivo a oferecer: a ideia de que estamos juntos nessa jornada, caímos e nos levantamos juntos, carregamos uns aos outros”.

A faixa título do último álbum da banda, No Line on the Horizon (nenhuma linha no hrizonte) – o álbum mais voltado para a espiritualidade desde os primórdios do U2 – parece ser prova disso. Existe a imagem em si, a ausência de uma linha, um destino final. A canção também trás duas frases que valem ser destacadas: “O infinito é um bom lugar para começar”, e “O tempo é irrelevante, não é linear”.

Razim acha isso parecido com a abertura do Mar Vermelho. “Para mim, é como Deus abrindo um caminho onde parecia não haver caminho algum”. É a visão abrangente do cosmo, e do que está além dele, que não combina bem com a idéia do céu como um final de partida vitorioso. Tanto é que Bono disse à revista evangélica Christianity Today: “Costumo achar que a religião obstrui o caminho de Deus”. E The Edge falou à Hot Press em 2002: “Ainda tenho uma vida espiritual, mas não sou muito fã da religião por si só”.

Turnê eclesiástica
A Christianity Today definiu a turnê de Bono pelas igrejas americanas para incentivar o auxílio à África como “uma experiência de igrejas que deixam Bono com uma eclesiologia tão frágil que mede a missão da igreja quase que exclusivamente em termos geográficos”. 

Garrett, porém, vê progressos nos trabalhos não-musicais de Bono. “Acho que hoje em dia mais pessoas acreditam nesta ideia de que a igreja precisa ser mais responsiva às necessidades do mundo e menos focada na salvação pessoal - especialmente entre os cristãos jovens. Acho que eles estavam na linha de frente disso”.

A música da banda encontrou seu caminho nas igrejas americanas através do serviço eucarístico U2charists, que vêm sendo realizado nos últimos seis anos.

Razim supervisionou dois deles na Palmer Memorial Episcopal Church: na passagem do ano de 2008 e no feriado de Juneteenth em 2009 - ambos com capacidade máxima de lotação. Um próximo está programado para o réveillon de 2009. A música de U2 é cantada e o dinheiro é arrecadado para as Metas de Desenvolvimento do Milênio das Nações Unidas, condição imposta pela banda em troca de permitir que sua música seja veiculada sem royalties.

Ela diz que o U2charist é uma ação genuína, além de apoiar o envolvimento comunitário da igreja.

E, apesar de um relacionamento de certa forma tenso entre o U2 e qualquer organização religiosa em particular, Razim, assim como Garrett, vê afinidade na espiritualidade da banda. “Tem a ver com buscar, procurar”, disse ele. “A primeira vez que ouvi uma canção do U2 eu detectei isso. É uma jornada, com a fé se desenvolvendo e fazendo perguntas difíceis. Acho que a música deles confirma e fortalece isso, ela é uma verdadeira expressão de quem somos neste lugar e neste momento”.


The New York Times
[ ... Continue lendo]

domingo, 25 de outubro de 2009

AS CORDAS NAS NOSSAS VIDAS


Deus valoriza as cordas que estão nas nossas vidas, temos cordas de nossos relacionamentos, no nosso chamado em Deus e até mesmo no trabalho, escola. Muitas vezes essas cordas são rompidas nas nossas vidas, e elas trazem dor pelo seu rompimento, mas Deus tem propósito para tudo nas nossas vidas!
Muitas coisas nas nossas vidas quando queremos que gerem se a  transformação, vêm primeiro as dores pra depois atingir aquilo que temos como objetivo na transformação. Todos nós temos que passar pela dor.




  •          I João 13:7




Jesus nos fala hoje para confiarmos nele, não sabemos de imediato por que as nossas cordas são rompidas, por que estamos sentindo dores. No tempo certo nós saberemos o motivo.




  •         II Coríntios 5:7




Nós vivemos pela fé que temos em Deus e naquilo que Ele faz pelas nossas vidas.
“A águia derruba o filhote do ninho para que ele aprenda a voar, e ainda assim se ele não aprende, ela ainda persiste em ensiná-lo, tira o ninho e ele aprende, sem escolha, a voar.”
Haverá os dias que Deus vai tirar nosso conforto, que Deus vai tirar nosso apoio natural e precisaremos voar sem escolhas.




  •         II Coríntios 4: 8-11








  •          João 15:18 -20




Como vamos viver sem ter a experiência de uma dificuldade? Como falaremos da morte se jamais perdemos um ente querido? Como falaremos de um drogado, de um alcoólatra se nunca tivemos a experiência de conhecermos um parente, amigo ou até mesmo ter passado pela mesma situação.


Passando pelo rompimento das cordas na direção de Deus

Oração Honesta:





  •         Salmos 69:1-3




Precisamos ser honestos com Deus, orar aquilo que sentimos na realidade. Falar aquilo que precisa ser dito para Deus.

Comunhão Honesta:

Levar a carga do seu irmão, ser honesto, compartilhar com ele suas dificuldades, seus temores. Converse honestamente com o seu pastor e com seu líder.

Estudo bíblico Honesto:

Ler a bíblia além do que está escrito, lendo profundamente, na direção do Espírito Santo.

Atuação Honesta:




  •          I Coríntios 9:24-27




Fazer o que precisa ser feito honestamente, indo atrás daquilo que Deus nos deu a fazer, correndo atrás das cordas que estão rompidas para fazer nelas um novo nó.

Renúncia sincera:




  •          Jó 1: 20-21




Renunciar aquilo que é preciso verdadeiramente nas nossas vidas
[ ... Continue lendo]

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

A DISPOSIÇÃO E CORAGEM PARA A OBRA DE DEUS






  •    II Timóteo 1:2-18, 2: 2-13





Nesta passagem nós vimos claramente o sofrimento de um servo de Deus por causa do evangelho. Percebemos também que mesmo sofrendo, aquele homem encontrou forças para animar seu irmão.


Hoje, como brasileiros, somos livres para servir ao nosso Deus, mas é justamente esta liberdade que trouxe um certo comodismo para os cristãos. Muita liberdade, mas pouca disposição.


Deus distribuiu a cada um de nós dons, e muitas vezes, nos envergonhamos em usá-los para a obra de Deus. Por amor ao evangelho, Paulo sofreu, ficou preso, mas ainda na prisão, escreveu cartas da bíblia. Deus em tudo terá um propósito nas nossas vidas!    

[ ... Continue lendo]

terça-feira, 20 de outubro de 2009

MINISSERIE BASEADA NO LIVRO DE ESTER



Depois de investir em novelas, a Record resolveu se aventurar na produção de minisséries. Sua primeira empreitada no gênero é “A História de Ester”, que estreia em dezembro.


A produção de 10 capítulos terá direção de João Camargo e texto adaptado por Vivian Oliveira. A trama é inspirada no “Livro de Ester”, um dos livros históricos do Antigo Testamento. O roteiro da minissérie será focado principalmente na história de amor da personagem.


Até agora, a única confirmada para o elenco é Gabriela Durlo, que será a protagonista. A atriz já atuou nas novelas Amor e Intrigas”, “Vidas Opostas” e no seriado “A Lei e o Crime”.

Fonte: Abril
[ ... Continue lendo]

domingo, 18 de outubro de 2009

ADORAÇÃO E FÉ: A CURA PARA QUALQUER SITUAÇÃO




  • 1 Samuel 16:7




Deus não vê como o homem vê, Ele vê e sonda o coração do homem.





  • Mateus 8:  1- 34




Jesus trazia palavras que curavam palavras que libertava e falava com autoridade. Quando havia sinais, a fé das pessoas era aguçada. O Homem leproso, quando ouviu as palavras de Jesus, não se importou com seu cheiro, com a suas feridas, com sua lepra, com sua situação e simplesmente adorou.
Muitos estão deixando de adorar á Deus por causa da sua situação. Não temos a coragem de dar um gesto, tomar uma atitude de adoração á Deus em meio a situação que nos encontramos.
Existem situações nas nossas vidas que parecem incuráveis, que aparentam não ter a saída. Mas o caminho da Graça, da adoração é o que leva a saída de qualquer circunstância.
Jesus encontra no coração do chefe, o amor pelo seu empregado, o amor pelo próximo. Por isso Ele se comoveu para curá-lo, Ele sondou o coração daquele homem e viu a necessidade que ele tinha em ver o seu próximo curado.
Jesus fez o sinal, expulsou demônios de dois homens da cidade, mas as pessoas daquele lugar não souberam adorar a Jesus e recebê-lo. Tiraram-no daquele lugar, tiraram o caminha, tiraram o transformador de situações de suas vidas!
Jesus foi a casa do pai que pedia por socorro pela sua filha, que estava morrendo. No meio do caminho surge a necessidade de outro milagre, mas mesmo com a filha morrendo, aquele homem teve a paciência e a fé, e ainda que a filha dele morreu. Jesus á ressuscitou! Quantas vezes não somos capazes de esperar no Senhor, esperar é um ato de fé, nós queremos tudo apressadamente, porém muitas vezes é preciso esperar.

[ ... Continue lendo]

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

A BÍBLIA EM LEGO


Mais de 3,6 mil fotografias, ilustrando 400 histórias da bíblia. Até aí, nada de extraordinário, não fossem pelas imagens terem sido feitas a partir de bonequinhos de Lego. Lançado em 2001, o site The Brick Testament, de autoria de Brendan Powell Smith, que se auto-intitula ‘o reverendo’, reúne diversos momentos icônicos da bíblia, como o Gênesis e a história dos irmãos Abel e Caim.


Segundo Smith, o objetivo da versão alternativa da bíblia é divulgar as histórias “de uma maneira engraçada, ao mesmo tempo que fiel aos textos originais. Por isso, todas as histórias são recontadas usando frases da Bíblia”, diz em seu site.


“Eu não sou religioso, mas me interesso por religião, pela Bíblia e pelo estudo do cristianismo e do judaísmo, por isso o apelido de ‘o reverendo’”, completa. As fotografias revelam que seu criador não é, de fato, muito religioso. Algumas imagens não são nada ortodoxas.



Fonte: Época Negócios

[ ... Continue lendo]

SAGA DE MOISÉS NO ESTILO DE 300 - PELA FOX


Produção usará técnica de filmagem usada em adaptação de HQ. Êxodo do Egito foi levado ao cinema em 1956 por Cecil B. DeMille.


O estúdio 20th Century Fox reservou os direitos para filmar a história de Moisés no estilo do filme “300″, informou nesta segunda-feira (12) o site do periódico de cinema “Variety”. A trama deve contar a história desde sua infância e adoção pela família real do Egito até o momento em que desafia o Faraó e liberta os hebreus da escravidão.


Ainda segundo a “Variety”, o roteiro deve ser escrito por Adam Cooper e Bill Collage, envolvidos em um novo projeto de filmagem do clássico “Moby dick”, de Herman Melville.


A ideia da Fox, revela o periódico, é contar a saga bíblica de Moisés usando a mesma técnica empregada em “300″, o épico espartano baseado na HQ de Frank Miller e dirigido por Zack Snyder.


A história de Moisés e do êxodo do Egito foi levada ao cinema em 1956 por Cecil B. Deille no clássico “Os 10 mandamentos”. O longa era estrelado por Charlton Heston.


Fonte: G1



[ ... Continue lendo]

terça-feira, 13 de outubro de 2009

JOGO: PLUMBER 2


A diversão está estabelecida no Blog da IGP, não perca mais tempo e venha se divertir!


Posicione os canos corretamente para conduzir a água até o cano de escape. Para liberar a água basta clicar na válvula.


Mouse rotaciona os canos.





[ ... Continue lendo]

A BÍBLIA EM BRAILE


Durante 30 dias, entre agosto e setembro, três exposições bíblicas fizeram sucesso na biblioteca do campus da universidade Unigranrio, em Duque de Caxias (RJ). No período, as mostras “A Bíblia e a Origem do Universo”, “O Mundo da Bíblia” e “Os perfumes da Bíblia” receberam mais de 1.100 jovens visitantes. No espaço expositivo, o público conferiu de perto objetos bíblicos raros e importantes, como pergaminhos, papiros, livros antigos, traduções da Bíblia para o braile e para dialeto indígena, aromas da época de Cristo, entre outras atrações.

 
O evento foi uma corealização entre a SBB e o Seminário Teológico Batista de Duque de Caxias, que funciona na universidade fluminense. Como parte da parceria, a SBB também doou a Bíblia em Braile à biblioteca da Unigranrio, que se tornou a primeira universidade do país a ter em seu acervo o material bíblico integral no sistema de leitura e escrita para cegos.

Assim, dois docentes universitários com deficiência visual passaram ter acesso às Sagradas Escrituras. “O deficiente visual enfrenta inúmeros obstáculos em seu processo de inclusão na sociedade, principalmente aos meios de informação, educação, cultura e ao mercado de trabalho. Sou deficiente visual, mas sou reconhecido em minha profissão, aqui nessa universidade. Quero ser o primeiro a ler trechos dessa maravilhosa obra de Deus”, comemorou o professor de matemática, Krilof Ivan de Souza Silva, durante cerimônia de inauguração das exposições e de entrega da Bíblia em Braile.

 
Ao mesmo tempo, a Unigranrio adquiriu os 38 volumes que compõem a Bíblia em Braile para doar à prefeitura de Duque de Caxias.

 
Fonte: Sbb






[ ... Continue lendo]

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

CATÓLICOS EM DECLÍNIO


As igrejas evangélicas no Brasil recolhem por mês entre seus fiéis mais de R$ 1 bilhão – precisamen­te R$ 1.032.081.300,00. A Igreja Católica, que tem mais adeptos espalhados pelo país, arrecada menos: são R$ 680.545.620,00 em doações. Os números estão na pesquisa sobre religião realizada pelo Instituto Análise com mil pessoas em 70 cidades brasileiras


Entre os evangélicos, as igrejas que mais recolhem são as pentecostais, como a Assembleia de Deus, e neopentecostais, como a Universal do Reino de Deus. Cada fiel doa em média R$ 31,48 – mais que o dobro das doações que os católicos deixam em média nas suas paróquias (R$ 14,01).

Os evangélicos não pentecostais, chamados históricos (presbiterianos e batistas, por exemplo), são os mais generosos. Doam em média R$ 36,03.

A pesquisa mostra que o nú­­me­­ro de católicos continua em declínio. No Censo de 2000, eram 73,77% da população contra 15,44% de evangélicos. Nesta pesquisa, o número de católicos caiu para 59% e o de evangélicos subiu para 23%. “Ou seja, dois em cada dez brasileiros são evangélicos”, diz Alberto Carlos Almeida, diretor do Instituto Análise.

O cientista político Cesar Ro­­mero Jacob, autor do Atlas da filiação religiosa e indicadores sociais no Brasil, se diz surpreso com a queda de “15 pontos porcentuais” no número de fiéis da Igreja Católica.



Fonte: Gazeta do Povo
[ ... Continue lendo]

domingo, 11 de outubro de 2009

AS OBRAS DO PRIMEIRO AMOR










  • Apocalipse 2: 4 e 5






A noiva do Senhor Jesus, tem deixado ao primeiro amor, deixado as primeiras obras. No primeiro amor ha mais interesse a respeito de Jesus, há mais ligação, disposição e busca. A passagem bíblica nos exorta ao arrependimento, por que é no primeiro amor que devemos permanecer. Quando nos esfriamos em Deus, e não nos arrependemos, o Senhor nos tira o candeeiro.

O candeeiro simboliza a centralidade de Jesus na vida do ser humano. O caminho sem Cristo não nos atribui a vida eterna.  






  •         Marcos 2:1-12  






O mais importante que sentar em um banco de igreja é conduzir vidas até Jesus! É a maior missão e a prioritária que Jesus nos enviou a fazer. A igreja tem sido paralítica espiritualmente, na há esforço, não há amor á Deus.

O amor é constituído de atitudes. Há dificuldades, mas há aqueles que se disponibilizam para rompe-las e servir á Jesus, não importando com as mesmas. O foco das nossas vidas é o Senhor Jesus.

A multidão impede de nos achegar a Jesus. Quando deixamos de amar em atitudes á Deus, nos tornamos multidão, longe de Jesus. Se não houver perseverança nos nossos corações para romper com as dificuldades e ultrapassarmos as multidões nós não somos dignos da vida de Deus.

Muitos não encontram tempo para servir ao Senhor,consideram se cansados demais, sem tempo e satisfeitos com o pouco que fazem. Nós, cristãos, somos responsáveis pela obra de Deus, o Senhor designou isso á nós.
[ ... Continue lendo]

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

A MANEIRA QUE DEUS CORRIGE


Diácono Lázaro



  • Hebreus 12: 1- 11



Deus sabe exatamente a maneira de tratar com cada um de seus filhos. A correção de Deus nos ensina e nos transforma.


Toda correção, de imediata, sempre causa entristeci mento no coração, mas depois, percebemos que tudo o que Deus permite em nossas vidas é para o nosso crescimento. Assim como um pai que conhece seus filhos, Deus conhece á nós.
Deus também usa as pessoas para nos ensinar e nos exortar, principalmente os nossos líderes.


Não é nos rebelando com Deus ou com nossos líderes que obteremos a experiência e o ensinamento, e sim reconhecendo que de alguma forma Deus quis que crescêssemos e aprendemos aquilo que é de extrema importância para o nosso próprio bem.

Quantas pessoas deixam de servir á Deus quando recebem uma correção, desistem da fé e não perseveram. Essas pessoas querem viver somente com as mordomias e as dádivas. Estão na fé, mas quando as situações e as dificuldades aparecem, se desviam do caminho do Senhor.


“Sim, pagamos um alto preço por servir á Deus, entretanto, não há melhor cuidado do que o do Senhor Jesus!” 




[ ... Continue lendo]

SERIE SAGRADO - REDE FUTURA E TV GLOBO


Nessa semana, o Canal Futura e a TV Globo iniciaram uma série que apresenta temas contemporâneos sob a perspectiva de representantes de diferentes tradições religiosas. A série vai discutir um tema atual por semana, mostrando a visão e o entendimento de cada religião a respeito de assuntos como: violência urbana, liberdade de expressão, sexualidade, novas famílias, entre outros.


Entre os convidados está o pastor Israel Belo de Azevedo, da Igreja Batista Itacuruçá. O pastor possui graduação em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, graduação em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, especialização em Historia pela Universidade Federal Fluminense, mestrado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, doutorado em Filosofia pela Universidade Gama Filho. Atualmente, é professor titular da Faculdade Batista do Rio de Janeiro.

Todos os programas têm a duração de dois minutos e serão exibidos na TV Globo e no Canal Futura, em diferentes horários. No caso do pastor Israel, sua participação inicialmente será veiculada nos dias 9, 19 e 27 de outubro e 4 de novembro, sempre às 6h05 minutos (da manhã), conforme horário de Brasília.


Série "Sagrado"

"Sagrado" será exibida em diversos formatos. Na Rede Globo, uma peça de dois minutos de duração irá ao ar diariamente pela manhã, às 6h05. Às sextas-feiras, o programa Mais Você, de Ana Maria Braga, vai debater o tema da semana, utilizando o material da série. Aos domingos, às 6h50, os programas são reunidos em uma edição especial de 10 minutos. Já o Canal Futura, exibirá diariamente a versão integral das peças em dois horários, às 7h15 e às 18h45.

Diferentes religiões, cada uma delas contextualizada por um de seus representantes, estarão presentes na série. Além do catolicismo, que faz do Brasil o país com o maior número de católicos do mundo, e das igrejas protestantes, que tiveram grande crescimento nos últimos anos, o programa ?Sagrado? abre espaço também para as religiões afro-brasileiras, o espiritismo e para outras crenças trazidas por imigrantes, como o islamismo, o budismo e o judaísmo. A série teve a consultoria do antropólogo Emerson Giumbelli:


Elenco da Rede Globo em Sagrado

Todas as peças da série Sagrado começam com uma participação de atores e atrizes que, de alguma forma, estão relacionados à religião de cada episódio. Nem todos professam a tradição que representam, mas aceitaram participar por entenderem que o projeto contribui para um importante debate de ideias e com a liberdade religiosa que já existe no Brasil. São eles: Tony Ramos(catolicismo); Oscar Magrini (protestantismo); Stênio Garcia (islamismo); Nathalia Timberg (judaísmo); Carlos Vereza (espiritismo); Juliana Paes (religiões afro-brasileiras) e Christiane Torloni (budismo).


Representantes religiosos

Entre os líderes religiosos que participam do programa, estão: o Cônego Antônio Mazatto (catolicismo), professor da Faculdade de Teologia N. Sra. Assunção, de São Paulo; o Pastor Israel Belo (protestantismo), da Igreja Batista de Itacuruçá; o Xeique Armando Hussein Saleh (islamismo), membro do Conselho Superior da Mesquita Brasil, em São Paulo; o Rabino Nilton Bonder (judaísmo), da Congregação Judaica do Brasil; Antonio Cesar Perri de Carvalho (espiritismo), diretor da Federação Espírita Brasileira; Valdina Pinto (religiões Afro-brasileiras), do Terreiro Tanuri Junsara, em Salvador; e Lama Padma Santem (budismo), do Instituto Caminho do Meio, Centro de Estudos Budistas Bodisatva, de Viamão, RS.




O programa vai falar sobre assuntos contemporâneos e polêmicos, tais como:


  1. Lugar e papel das religiões no mundo contemporâneo 


  2. Tragédia e solidariedade 


  3. Violência urbana 


  4. Lugar e papéis sociais da mulher no mundo contemporâneo 


  5. Vaidade e culto ao corpo 


  6. Novas famílias


  7. Quando começa, quando termina a vida? Abordado pela temática dos transplantes


  8. Ganância: a permanente tensão riqueza versus felicidade 


  9. Liberdade sexual (orientações de gênero, poligamia...) 


  10. Estado laico (limites entre religião e Estado; movimentos religiosos no Congresso Nacional)


  11. Destino versus livre arbítrio 


  12. Liberdade de expressão 


  13. Pós-morte (vida após a morte; o que vem depois da morte?; por que o homem teme tanto a morte?) 


  14. Fome versus vontade de comer (instinto e pulsão; obesidade) 


  15. Corrupção (política como prática democrática e corrupção) 


  16. Essência do ser humano (na essência o homem é bom?; bom selvagem versus homem domesticado)


  17. Meio ambiente: por que o homem não consegue alcançar sustentabilidade? 


  18. Crianças abandonadas pelas mães



    Fonte: Guia-me








[ ... Continue lendo]

UM BRASIL ONDE DEUS É O SENHOR

Dados do IBGE revelam que Deus está fazendo algo tremendo e espetacular no país.


Quando comecei a pesquisar os números do crescimento do Evangelho no Brasil para esta matéria, cheguei a pensar que algum índice deveria estar incorreto. Não que a fonte das informações fosse duvidosa. Não era por isso. A origem dos dados - o IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísca - é uma fonte de informações absolutamente confiável, sendo que a seriedade de suas pesquisas servem de referência internacional quando torna-se necessário citar dados acerca do Brasil.

As pesquisas que eu estava manipulando eram inquestionáveis, sem dúvida. Mas após inserir todos os dados religiosos dos últimos censos do IBGE no computador, pude colher uma série de valores que me davam informações, no mínimo, de tirar o fôlego. Quando vi os números, não pude chegar a nenhuma outra conclusão senão o fato de que Deus está fazendo algo grande no Brasil. Algo tremendo e espetacular! Pelos dados coletados, pude constatar, por exemplo, o que antes também já havia sido verificado pelo Departamento de Pesquisas do Sepal.

Os evangélicos no Brasil cresceram 2,5 vezes mais rapidamente do que a população na década de 80 e mais de 4 vezes acima da taxa de crescimento populacional na década de 90. Em 1970, o Censo constatou uma população evangélica de 4,8 milhões. Em 1980 foi de 7,9 milhões. Em 1991 foi de 13,1 milhões. Em 2000, ano do último Censo realizado pelo IBGE, apontou um número de Evangélicos de 26 milhões, 184 mil e 977 pessoas, representando 15,41% da população brasileira. Há exatamente dois anos, no início de 2003, 30 milhões de brasileiros eram evangélicos. A projeção para este ano de 2005 aponta para o número de 33 milhões de evangélicos representando um total de aproximadamente 18% da população.




Colocando todos esses dados num gráfico, como mostra o modelo acima, iremos perceber que o crescimento dos Evangélicos no Brasil não segue uma trajetória linear, mas faz uma curva em ascensão, demonstrando que está havendo um interesse cada vez maior pela mensagem da cruz de Cristo. Somando-se a isso, verifica-se que os novos crentes têm cada vez mais conduzido outras pessoas a conhecerem o Evangelho e estes, por sua vez, também levam outros, como uma multiplicação em larga escala. Esse fator é que provoca a curva em ascensão do gráfico. A linha escura do gráfico mostra o ritmo de crescimento ano-após-ano entre 1980 e 2000. A linha branca mostra a projeção de crescimento até 2010, quando deverá atingir aproximadamente 55 milhões de evangélicos. Se a igreja continuar a crescer nesse ritmo, alcançará 50% da população no ano de 2022.



Tudo isso são motivos para louvarmos ao Senhor, mas ainda há muito trabalho a ser feito. Existem alguns problemas graves com a visão evangelística da igreja no Brasil. A igreja não é bem distribuída. Há lugares repletos de igrejas. Em outras áreas não existe uma única igreja sequer. Existem também algumas questões preocupantes. Uma delas é que também há no Brasil todo tipo de igreja evangélica que se possa imaginar – e algumas ministram ensinos tão estranhos ao Evangelho que praticamente às colocam entre a fronteira de seita e igreja. Esse problema é algo que não tem como filtrar pelos dados do IBGE. Porém, isso não representa motivos para duvidar dos números do Censo. Essa parcela de igrejas pseudo-evangélicas forma um valor inexpressivo dentro da multidão total de evangélicos no Brasil. Mas a conclusão que podemos tirar é que quando se fala em números, quantidade nem sempre é sinônimo de qualidade.


O Censo não responde todas as perguntas, mas ele nos ajuda a entender o crescimento da igreja brasileira, enxergar as falhas, traçar metas, estabelecer alvos e planejar melhor a abertura de novas congregações.


As informações a seguir foram totalmente baseadas nos dados do Censo. Caso você queira fazer uma pesquisa pessoal com outros tipos de informações, basta acessar na internet o site do IBGE, através do endereço: http://www.igbe.gov.br/.

por Luiz Rezende

Fonte: SEMIPA
[ ... Continue lendo]

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

UMA PREPARAÇÃO PARA O "GRANDE DIA"


Família Diante do Trono se reúne com a Igreja do Senhor em ensaio final para a gravação do CD “Tua Visão”

Na noite dessa sexta-feira (31/7), a família Diante do Trono se reuniu com a Igreja do Senhor na Praça da Estação em Belo Horizonte onde foi realizado o ensaio final para a gravação do CD “Tua Visão”.

Durante todo o dia, profissionais de diversas áreas trabalharam para que tudo estivesse preparado para este sábado (1/8). Uma estrutura impecável foi montada no intuito de que todos possam adorar e celebrar a Deus com muita alegria e tranquilidade.

O ensaio estava marcado para a parte da noite. Logo maestro, músicos, cantores e dançarinos se posicionariam para dar início à passagem de som e ministração das músicas. O coral que ensaiou durante a semana também participou. Muitas pessoas acompanharam o ensaio que foi uma prévia da gravação deste sábado.

Estiveram presentes também ministros de louvor e amigos convidados por Ana Paula Valadão, tais como Fernanda Brum, Nívea Soares, Pr. Antônio Cirilo, Sóstenes Mendes, entre outros.

Ana Paula deu início ao ensaio agradecendo a todos pela presença. Ela agradeceu também ao coral, afirmando da importância de estarem ali. Em seguida, chamou o pastor Antônio Cirilo para orar. Cirilo fez comentários acerca da unidade da Igreja na oração e na adoração.

Ele salientou que haverá um tempo em que o Senhor abrirá as comportas do céu de uma só vez e virá sobre o povo um avivamento jamais visto: “Pessoas serão avivadas e poderosamente usadas pelo Senhor”, afirmou Cirilo. A oração foi em favor de tudo o que gira em torno desta gravação. “A nossa vontade é que o Senhor derrame a sua glória no meio de seu povo, trazendo cura, salvação e restauração”.

Foram ministradas as canções, “O Encontro das Águas, Bênçãos que nem sei Contar, Meu Irmão, Vestes de Louvor e Vive o Senhor”. Foram momentos de pura adoração a Deus em meio a louvores e coreografias.

Ana profetizou que o Trono do Senhor será estabelecido nessa gravação. O ensaio foi encerrado na certeza de que Deus agirá tremendamente nesta noite.

Você não pode perder essa gravação, esteja conosco para glorificar ao Senhor e fazê-lo conhecido até os confins da Terra.


Família Diante do Trono


[ ... Continue lendo]

MAIS UM EVANGÉLICO FAMOSO ENTRA PARA A POLÍTICA

O ex-atacante Muller, que atuou por São Paulo, Palmeiras, Santos e também Seleção Brasileira, se filiou ao PC do B. O ex-jogador aceitou convite do Ministro dos Esportes, Orlando Silva Júnior. Dessa forma, Muller, que também atuou como dirigente em clubes como Santo André e Paraná, deve concorrer às próximas eleições como Deputado Estadual.

Com predominância nos meios sindicais e estudantis, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), fundado em 25 de março 1922, continua tentando fazer uma aproximação com o mundo esportivo. O PC do B resolveu virar fã da popularidade dos jogadores de futebol e está vendo no esporte uma forma de se popularizar.

A cada eleição que passa, o partido se parece mais com os boleiros do que sua verdadeira ideologia de princípios do marxismo-leninismo. Após encerrar a carreira, Muller se tornou comentarista de TV, Pastor Evangélico e dirigente. Mas não se sustentou nas profissões e resolveu a política.

“Eu estou estudando as propostas. Ainda não tenho nada certo, mas na semana que vem devo ter uma decisão”, disse o ex-jogador em entrevista exclusiva ao Portal Futebol Interior. Muller acredita que o apoio dos evangélicos, sua religião, pode ajudar nas eleições.

Além disto, o PC do B tem aparelhado Prefeituras Municipais com a indicação de Secretários de Esportes. E o resultado não tem sido dos mais positivos. Em Campinas, por exemplo, Gustavo Petta, que foi derrotado para vereador em São Paulo, é o Secretário de Esportes e sua única ligação com o esporte é ser cunhado do Ministro Orlando Silva.

Sem falar que em 2004, o PC do B elegeu o ex-jogador do Palmeiras e Seleção Brasileira, Ademir da Guia. Mas assim que tomou posse, o eterno ídolo palmeirense traiu o partida e se foi para o falecido Partido Liberal.


Marcelinho tem mais chances

Enquanto isso, a cidade de Santo André tem uma dobradinha que tem tudo para dar certo. Ídolo do Corinthians e agora fazendo história no Ramalhão, o meia Marcelinho Carioca irá se candidatar a Deputado Federal em 2010.

Ele irá disputar o Campeonato Paulista do ano que vem pelo time do ABC e depois encerrar sua carreira. Antes de pendurar as chuteiras, Marcelinho vai fazer um jogo festivo com a camisa do Timão.

Além do pé-de- anjo, o vice do Santo André, Romulado Magro Junior, sairá como Deputado Estadual. A dupla tem a simpatia de todos na cidade e tem tudo para conquistarem estas eleições.


Fonte: Futebol Interior / Gospel+
Via: O Verbo
[ ... Continue lendo]

domingo, 4 de outubro de 2009

A OBEDIÊNCIA E A DESOBEDIÊNCIA



Tanto a obediência quanto a desobediência tem conseqüências diretas e imediatas.”


  • I Reis 13: 1-34

Deus levanta um homem de Deus para falar á um rei. A responsabilidade do homem de Deus enquanto ele esta na obediência é grande, por que Ele abre a boca e ele move as situações, os céus se abrem! Um homem de Deus quando fala, acontecem sinais.  O homem de Deus, precisa estar em obediência.
O homem de Deus, fala o que Deus fala. Muitas pessoas quando falam matam e machucam as pessoas em sua volta, este é o sinal de que Deus não está com ele.
O homem que Deus levantara foi reprovado pelo Senhor, e na Palavra de Deus o seu nome não foi conhecido. Tudo isso por que ele desobedeceu á Deus.
Nem todo homem que diz ser homem de Deus, realmente é. Somos homens e mulheres de Deus não só por fachadas, mas obedecendo á Ele.
O profeta de Deus atendeu a proposta de um profeta do diabo. Ele fez aquilo que foi o contrário do que Deus havia falado. O diabo por muitas vezes vai fazer propostas enganosas para os teus servos, o diferencial será a nossa obediência á somente aquilo que Deus disse.
A igreja tem saído da presença, da adoração de Deus e descansado na primeira “árvore” que encontra sujeito aos manjares do inimigo e seguindo ao caminho contrário no qual Deus designou.
“O que Deus quer achar em nós é a obediência”

“O princípio da sabedoria é a obediência”

[ ... Continue lendo]
Related Posts with Thumbnails

VÍDEO DA SEMANA