MISSÕES

Veja os piores países para os cristãos. Cristãos perseguidos, e se fosse você?

MISSÕES MISSÕES

E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO

Leia gratuitamente os livros do pastor Márcio Valadão. CLIQUE AQUI!

E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO

PAPÉIS DE PAREDE

Baixe papéis de parede personalizados e deixe seu computador a sua cara. CLIQUE AQUI!

PAPÉIS DE PAREDE PAPÉIS DE PAREDE

FOTOS PROFÉTICAS

Uma galeria com fotos exclusicas, você tem que conferir. CLIQUE AQUI!

FOTOS PROFÉTICAS FOTOS PROFÉTICAS

TV GERAÇÃO PROFÉTICA

Os melhores vídeos você só encontra aqui. CLIQUE AQUI!

TV GERAÇÃO PROFÉTICA TV GERAÇÃO PROFÉTICA

A HISTÓRIA DE ESTER

Acompanhe aqui a minissérie de maior sucesso na tv brasileira. CLIQUE AQUI!

A HISTÓRIA DE ESTER A HISTÓRIA DE ESTER

CAMPANHA DA BANDEIRA

CLIQUE AQUI para saber mais

CAMPANHA DA BANDEIRA CAMPANHA DA BANDEIRA

ESPAÇO INFANTIL

Um mundo de emoções e aventura espera por você. CLIQUE AQUI!

ESPAÇO INFANTIL ESPAÇO INFANTIL

MINISTRAÇÕES BÍBLICAS

A cada semana DEUS tem uma mensagem exclusiva para VOCÊ. CLIQUE AQUI!

MINISTRAÇÕES BÍBLICAS MINISTRAÇÕES BÍBLICAS

SEÇÃO DOWNLOAD

Criado exclusivamente para você. CLIQUE AQUI e veja!

SEÇÃO DOWNLOAD SEÇÃO DOWNLOAD
-

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

CAIU DE 150 METROS E SOBREVIVEU


O pedreiro Adauto de Jesus do Nascimento, de 57 anos, que foi resgatado após cair em um precipício no Vale do Itambé, em Marília, a 435 quilômetros de São Paulo, disse em sua primeira entrevista após o acidente que o celular salvou sua vida. O resgate foi na segunda-feira (11), 22 horas depois da queda, quando ele conseguiu pedir socorro aos bombeiros pelo telefone.

Nascimento continua internado e se recupera de uma lesão no pulmão, de um traumatismo craniano e de uma costela quebrada. O bombeiro que falou com o pedreiro por telefone e ajudou no resgate foi visitá-lo no hospital. “Graças a Deus a gente pode prestar esse bom atendimento. Fui usado por alguém para poder ajudá-lo”, disse o cabo Silvio Clóvis Domingues.

O pedreiro contou como foi a noite na mata. “Eu senti que estava lá embaixo, falei ‘vou tentar levantar’. Aí eu não consegui. Fiquei com medo, não sei o que deu em mim, aí eu fiquei lá de bruços e falei ‘vou esperar um pouco’. E nesse esperar um pouco o dia amanheceu”, contou Nascimento, que disse ter escorregado quando procurava lenha.

A queda foi de uma altura de 40 metros. Sem conseguir se mover e com dores por mais de 20 horas, o pedreiro lembrou que levava o celular e ligou para o Corpo de Bombeiros. “Minha voz tinha o volume bem baixinho, que a cachoeira atrapalhava, ninguém escutava, então não tinha como [sem o celular]”, disse ele. “[O celular] salvou a minha vida, de coração.”

As buscas duraram quatro horas e meia, e só foi possível tirá-lo da mata com a ajuda de um helicóptero da Polícia Militar. Depois do susto, o pedreiro de 57 anos aprendeu uma nova lição. Além de continuar carregando o celular no bolso, antes de sair de casa sempre vai avisar a família sobre seu destino.

 Fonte: G1

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

VÍDEO DA SEMANA