MISSÕES

Veja os piores países para os cristãos. Cristãos perseguidos, e se fosse você?

MISSÕES MISSÕES

E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO

Leia gratuitamente os livros do pastor Márcio Valadão. CLIQUE AQUI!

E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO

PAPÉIS DE PAREDE

Baixe papéis de parede personalizados e deixe seu computador a sua cara. CLIQUE AQUI!

PAPÉIS DE PAREDE PAPÉIS DE PAREDE

FOTOS PROFÉTICAS

Uma galeria com fotos exclusicas, você tem que conferir. CLIQUE AQUI!

FOTOS PROFÉTICAS FOTOS PROFÉTICAS

TV GERAÇÃO PROFÉTICA

Os melhores vídeos você só encontra aqui. CLIQUE AQUI!

TV GERAÇÃO PROFÉTICA TV GERAÇÃO PROFÉTICA

A HISTÓRIA DE ESTER

Acompanhe aqui a minissérie de maior sucesso na tv brasileira. CLIQUE AQUI!

A HISTÓRIA DE ESTER A HISTÓRIA DE ESTER

CAMPANHA DA BANDEIRA

CLIQUE AQUI para saber mais

CAMPANHA DA BANDEIRA CAMPANHA DA BANDEIRA

ESPAÇO INFANTIL

Um mundo de emoções e aventura espera por você. CLIQUE AQUI!

ESPAÇO INFANTIL ESPAÇO INFANTIL

MINISTRAÇÕES BÍBLICAS

A cada semana DEUS tem uma mensagem exclusiva para VOCÊ. CLIQUE AQUI!

MINISTRAÇÕES BÍBLICAS MINISTRAÇÕES BÍBLICAS

SEÇÃO DOWNLOAD

Criado exclusivamente para você. CLIQUE AQUI e veja!

SEÇÃO DOWNLOAD SEÇÃO DOWNLOAD
-

quinta-feira, 1 de abril de 2010

SEM "ORAÇÃO DA PROPINA"

Polícia Federal não quis saber da “oração da propina”

Famoso por aparecer nos vídeos do escândalo do mensalão do DEM de Brasília supostamente orando pela propina recebida no esquema, fato que ficou conhecido como a “oração da propina“.

O ex-deputado distrital Júnior Brunelli (PSC) prestou depoimento nesta quarta-feira (31), mas não precisou passar pelo constrangimento de explicar a cena inusitada. Segundo o advogado, Herman Barbosa, os agentes da Polícia Federal ignoraram a gravação durante o interrogatório, realizado na Superintendência da PF, em Brasília.

“O vídeo da oração não foi objeto de questionamento por parte da autoridade policial. Apenas o vídeo que ele recebe recurso financeiro foi abordado”, relatou Barbosa.

O defensor de Brunelli relatou que a questão do dinheiro “foi abordada e respondida” pelo ex-deputado, mas preferiu não relatar o que foi dito durante o depoimento: “Não posso correr o risco de explicar isso.”
Depoimentos do Mensalão de Brasília

O ex-deputado distrital foi um dos sete convocados a depor na superintendência da PF nesta quarta. O terceiro dia de interrogatórios teria a deputada distrital Eurides Brito (PMDB), que aparece nos vídeos do escândalo colocando maços de dinheiro na bolsa, mas ela alegou problemas de saúde para faltar ao depoimento. Colega de Eurides, o deputado Rogério Ulisses (sem partido) deve falar aos agentes por volta das 15h.

Fonte: G1 / Gospel+

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

VÍDEO DA SEMANA