MISSÕES

Veja os piores países para os cristãos. Cristãos perseguidos, e se fosse você?

MISSÕES MISSÕES

E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO

Leia gratuitamente os livros do pastor Márcio Valadão. CLIQUE AQUI!

E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO E-BOOK - PR. MÁRCIO VALADÃO

PAPÉIS DE PAREDE

Baixe papéis de parede personalizados e deixe seu computador a sua cara. CLIQUE AQUI!

PAPÉIS DE PAREDE PAPÉIS DE PAREDE

FOTOS PROFÉTICAS

Uma galeria com fotos exclusicas, você tem que conferir. CLIQUE AQUI!

FOTOS PROFÉTICAS FOTOS PROFÉTICAS

TV GERAÇÃO PROFÉTICA

Os melhores vídeos você só encontra aqui. CLIQUE AQUI!

TV GERAÇÃO PROFÉTICA TV GERAÇÃO PROFÉTICA

A HISTÓRIA DE ESTER

Acompanhe aqui a minissérie de maior sucesso na tv brasileira. CLIQUE AQUI!

A HISTÓRIA DE ESTER A HISTÓRIA DE ESTER

CAMPANHA DA BANDEIRA

CLIQUE AQUI para saber mais

CAMPANHA DA BANDEIRA CAMPANHA DA BANDEIRA

ESPAÇO INFANTIL

Um mundo de emoções e aventura espera por você. CLIQUE AQUI!

ESPAÇO INFANTIL ESPAÇO INFANTIL

MINISTRAÇÕES BÍBLICAS

A cada semana DEUS tem uma mensagem exclusiva para VOCÊ. CLIQUE AQUI!

MINISTRAÇÕES BÍBLICAS MINISTRAÇÕES BÍBLICAS

SEÇÃO DOWNLOAD

Criado exclusivamente para você. CLIQUE AQUI e veja!

SEÇÃO DOWNLOAD SEÇÃO DOWNLOAD
-

sexta-feira, 7 de maio de 2010

IIGD INVESTIGADA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO

Ministério Público investiga prédio da Igreja Internacional da Graça

O Ministério Público instaurou uma ação cautelar para apurar a demolição irregular de parte do prédio da antiga Algodoeira Matarazzo, na região central, que foi tombado como patrimônio histórico de Ribeirão Preto em 2007 e pertence à Igreja Internacional da Graça de Deus.

O processo deve dar início a uma ação civil pública contra os proprietários.

A igreja diz que apenas o frontão e as treliças do imóvel deveriam ser preservados e garante que a demolição foi autorizada por um alvará emitido pelo Conppac (Conselho de Preservação do Patrimônio Cultural de Ribeirão Preto).

A ação cautelar foi movida pelo promotor Naul Felca, que visitou a construção no último dia 16 de abril. “Existe um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), firmado entre a igreja e o Ministério Público, que determina a preservação do local. O que vimos durante a nossa visita nos assombrou. O prédio está abandonado, cheio de animais peçonhentos e com possíveis focos de dengue”, afirmou.

“Constatamos a demolição irregular de 75% do patrimônio e esse material sabe-se lá para onde foi. A lei prevê punição de 1 a 3 anos se for comprovado o crime patrimonial. E o crime está constatado”, disse o arquiteto e conselheiro do Conppac Cláudio Henrique Bauso.

Outro lado

O pastor Willian Sodré, representante da Igreja Internacional da Graça de Deus, afirma que a demolição de partes do galpão não é ilegal e que estava prevista no acordo firmado com o Conpacc.

“Tudo foi feito com autorização do Conppac. Pelo que sei, temos um alvará que libera a demolição. Apenas o frontão e algumas treliças deveriam ser preservados”, afirmou.

De acordo com Cláudio Henrique Bauso, o Conppac não autorizou a demolição e, caso exista a documentação, não foi deliberada pelo conselho de patrimônio.

Fonte: Jornal A Cidade / Gospel+
Via: Creio

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails

VÍDEO DA SEMANA